Brasil

Cantor garante que é um dos 70 milhões de marketeiros de Bolsonaro e manda recado: Não recebo nem um centavo por isso.

Já há pesquisa que aponta Jair Bolsonaro com 64% dos votos válidos para a eleição de domingo, dia 28, quando ocorrerá o segundo turno para presidente e governadores (em alguns Estados).
Líder disparado das pesquisas e contando com o apoio em massa no Brasil, Bolsonaro arrasta milhares de pessoas por onde passa. E nas redes sociais a sua popularidade não é diferente.
Entre os famosos, Regina Duarte, Ronaldinho Gaúcho, Gusttavo Lima e Eduardo Costa já manifestaram apoio ao presidenciável. Este último, aliás, é mais fervoroso e se declara como um dos milhões de marketeiros do candidato do PSL.
Em rede social, Eduardo postou, neste sábado: “O meu Instagram está a serviço do Brasil 🇧🇷, está a serviço do povo, a serviço de Jair Messias Bolsonaro e não recebo nem um centavo por isso. O Lula tá preso, babaca. @jairmessiasbolsonaro @bolsonarosp  @flaviobolsonaro e acho que todo mundo tem que postar isso aí no seu insta. Tem 70 milhões de Brasileiros trabalhando de graça. Quem concorda??? “.
O cantor recebeu apoio nos comentários: “Bora Bolsonaro….sim é 17…. Não vejo a hora.. E pra quem sabe sobre ditadura, sabe bem que o ditador aqui não e o Bolsonaro..e só estudar um pouquinho e não repetir tudo que ouve igual um papagaio…”.
Também nesta semana, Eduardo esteve na casa do político e participou de uma live para as redes sociais dele: “Pé no chão, humilde, simples, e o principal, é um cara com boas intenções. O Brasil precisa de um presidente que não ame o poder, que não ame o dinheiro mas que ame a pátria e o povo, se eu já votava nesse cara sem conhecer, agora eu saio aqui da casa dele com mais esperança e com mais convicção que to fazendo o certo. Enfim; tá aí, Jair Messias Bolsonaro o homem que DEUS e o Brasil escolheu. @jairmessiasbolsonaro é 17 e pronto. Quem aí tá junto com nóis???”.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.