Brasil

Diretores da Record querem desvincular imagem da emissora e se distanciar da igreja Universal

Os diretores da Record pretendem apresentar para a imprensa e o mercado publicitário a nova grade de programação para 2019 ainda este ano. Se tudo sair como o planejado, o canal paulista apresentará tudo no final de novembro.
Uma decisão tomada no início do ano e que ainda está valendo é a de desvincular a imagem da emissora da Igreja Universal. A situação complica porque o líder de uma é o dono da outra. Não há como não associar.
A alta cúpula quer acabar ou pelo menos minimizar essa situação. O que fica difícil é que a principal telenovela – e única inédita no ar – carrega tudo da IURD nas falas, em passagens…
A mudança é necessária para que o canal de Edir Macedo minimize os prejuízos, que já existiam, mas que se acentuaram bastantes nos últimos tempos. Qualquer ligação com políticos, como o prefeito do Rio de Janeiro, também deve diminuir.
BISPOS DA IURD COMANDAM NOVELA DA EMISSORA
Desde que as novelas da Record passaram a ser exclusivamente bíblicas, a emissora conta com membros da Igreja Universal nos estúdios palpitando sobre as mais diversas cenas e causando, até, um certo desconforto em quem realmente entende de dramaturgia.
De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, os bispos da IURD frequentam diariamente os estúdios de gravação da Record, no Rio de Janeiro, acompanhando o ritmo dos atores e opinando em praticamente tudo. Um poder que só eles têm.
O figurino que os atores devem usar, os atores que serão escalados para os personagens e até mesmo a forma como as cenas devem ser gravadas passam pelo crivo dos membros. Tudo tem que estar de acordo com a Bíblia, no caso das tramas bíblicas, e de acordo com a Igreja Universal.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.