Ceará

Empresário cearense preso não terá comida diferenciada dos demais detentos da cadeia

O Ministério Público do Estado Ceará (MPCE) proíbe o dono das farmácias Pague Menos, Deusmar Queirós — que está em cana –, de fazer refeições diferenciados das dos demais presidiários. A informação é da Revista Ceará.
Preso em regime fechado por crime contra o Sistema Financeiro Nacional, o empresário vinha se alimentado com três refeições diárias fornecidas pela família.
O Ministério Público alega que o benefício é destinado à referida Unidade apenas aos presos idosos com doenças crônicas graves. Deusmar não se encaixa, de acordo com o MPCE.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.