Esporte

Presidente da FIA revela visitas mensais a Schumacher e lamenta situação

Ex-presidente da Ferrari e atual presidente da Federação Internacional de Automobilismo, Jean Todt revelou que visita Michael Schumacher pelo menos duas vezes por mês. Chefe do heptacampeão em seus tempos na escuderia italiana, Todt é um dos poucos que podem visitar o ex-piloto.
O alemão sofreu um grave acidente em dezembro de 2013, quando esquiava nos Alpes franceses. Ele bateu a cabeça em uma rocha e sofreu um traumatismo craniano. Desde então, está internado, mas por opção da família, pouco se sabe sobre sua real condição de saúde.
“Eu amo Michael, visito a família dele. Eu gostaria que a situação fosse diferente”, desabafou em entrevista ao jornal The Times.
O dirigente de 72 anos também relembrou com carinho as memórias ao lado de Schumacher. “Quando as pessoas me perguntam qual é minha melhor memória, eu diria que Suzuka em 2000. Micheal foi campeão novamente depois de 21 anos”, exaltou em referência ao tricampeonato do alemão- que viria a conquistar mais quatro, feito que até hoje não foi repetido..

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.