Brasil

Marcelo de Carvalho e Raul Gil defendem Bolsonaro no SBT e dividem opiniões

Foi ao ar na tarde deste sábado no SBT mais uma edição do Programa Raul Gil. Dessa vez, o apresentador recebeu Marcelo de Carvalho, colega de profissão e um dos donos da RedeTV! Os temas discutidos na atração, no entanto, não agradaram todo mundo.
O ponto que mais causou polêmica foi quando Marcelo de Carvalho foi “convidado” a opinar sobre o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro. Confiante de que o Brasil terá dias melhores a partir do ano que vem, o ex-marido de Luciana Gimenez elogiou o político.
Chamou para ministros pessoas excelentes. O ministro da economia Paulo Guedes, um gênio. O astronauta Marcos Pontes, um gênio na tecnologia. O próprio juiz Sergio Moro. Está formando um time de craques”, comentou Marcelo, que destacou o que chamou de ataques por parte dos órgãos de imprensa contra Bolsonaro.
Os elogios não ficaram apenas a cargo de Marcelo. Raul Gil, que já havia elogiado o presidente eleito no Teleton, também mostrou novamente seu apoio a Bolsonaro. Outro ponto que causou polêmica foi o armamento civil, que foi defendido por Marcelo no programa.
MARCELO DE CARVALHO NO RAUL GIL
O apresentador e empresário Marcelo de Carvalho participou do quadro do Programa Raul Gil: “Pra quem você tira o chapéu?” na tarde deste sábado (17). A produção do quadro preparou um vídeo relembrando as principais atividades de Marcelo na televisão, dentre elas a passagem dele pela Rede Globo em meados dos anos 80 e também como o criador do 0900, grande sucesso no Brasil na década de 90, em parceria com Amilcare Dallevo Jr.
Marcelo de Carvalho começou tirando o chapéu para o futuro ministro Sérgio Moro e elogiou a operação Lava Jato. Tirou também para o Papa Francisco e YouTube. Ao tirar o chapéu para o presidente Jair Messias Bolsonaro teceu diversos elogios, inclusive agradeceu suas participações nos programas da sua emissora desde 2010. Quando tirou o chapéu ao presidente Donald Trump, Marcelo se comparou e disse que se identifica com o americano por não se considerar “politicamente correto”.
Fernando Nascimento / TV Foco

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.