Brasil

PPL será incorporado ao PCdoB para cumprir cláusula de barreira

Os presidentes do PCdoB, Luciana Santos, e do PPL, Sérgio Rubens de Araújo Torres, anunciaram nesta segunda-feira (26), a fusão dos dois partidos para superar a cláusula de barreira.
A bancada atual do PCdoB é formada por 10 deputados; 9 candidatos do partido foram eleitos em outubro. Já o PPL reelegeu apenas um deputado federal neste ano. Face a essa realidade, do baixo desempenho nas urnas que barra o tempo de TV e o dinheiro do fundo partidário, impõe-se a união dos partidos.
Conforme a nota, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e o Partido Pátria Livre (PPL) iniciaram diálogo, para buscar uma solução política e jurídica para atender às exigências, na forma da lei, capaz de superar a cláusula de barreira, criando as condições necessária para permanecer atuando politicamente.
O PPL será oficialmente incorporado ao PCdoB no próximo dia 2 de dezembro, durante um ato em São Paulo. Que ocorrerá às 10 horas no auditório do Sindicato dos Eletricitários, na cidade de São Paulo, rua Thomaz Gonzaga, 50, Liberdade.
Entenda 
A cláusula de barreira passou a valer nestas eleições de forma progressiva. A medida tem como objetivo reduzir os partidos com pouca representação na Câmara. Além do PCdoB e PPL, outras 12 legendas não atingiram o índice mínimo de votos válidos nem elegeram deputados federais em número suficiente, que são os critérios da cláusula.
Célio Brito

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.