Ceará

Procuradores de Ceará parabenizam atuação de Eunício Oliveira em prol da categoria

A diretoria da Associação dos Procuradores do Estado do Ceará (Apece), procuradores do Estado Vicente Braga e Ludiana Rocha, estiveram reunidos, na noite de quarta-feira (07), com o presidente do Senado Federal Eunício Oliveira (MDB), em Brasília. Na ocasião, a categoria parabenizou o senador pela aprovação dos projetos de Lei da Câmara (PLC) 27 e 28/2016, que reajustam os subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal e do Procurador-Geral da República.
“Nós parabenizamos a atuação do senador Eunício pela condução dos trabalhos quanto ao reajuste do Judiciário bem como da Reforma da Previdência. A aprovação do aumento do teto de gastos do Supremo Tribunal Federal é uma medida que repercute em todo o funcionalismo público, recuperando a perda inflacionária ocorrida nos últimos anos”, ressaltou Vicente Braga, presidente da Apece.
Quanto à Reforma da Previdência, o senador Eunício afirmou que devido à intervenção do Rio de Janeiro, o trâmite da matéria no Congresso deve ser estritamente obedecido, garantindo a realização de audiências públicas sobre o tema para que as categorias e demais interessados possam ser ouvidos e participarem das discussões.
O encontro ocorreu no gabinete da Presidência do Senado Federal e contou também com as presenças dos presidentes da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), Guilherme Feliciano; da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti; da Associação Cearense de Magistrados, Ricardo Alexandre da Silva Costa; da Associação Cearense do Ministério Público, Lucas Felipe Azevedo de Brito; e representantes de outras associações de magistrados e procuradores do País.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.