Ceará

Camilo Santana é empossado como governador do Ceará

O governador reeleito do Ceará, Camilo Santana, e a sua vice, Izolda Cela, foram empossados na tarde de terça-feira (1º) em solenidade no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa do estado. Durante o discurso, Santana citou nominalmente cada deputado e destacou a atuação em parceria do Executivo com o parlamento.
“Como governador sempre encontrei no legislativo cearense o respeito e a parceria imprescindíveis para administrar o nosso estado e fazê-lo crescer e se desenvolver mesmo diante das adversidades impostas pela difícil conjuntura nacional”, disse durante o discurso de aproximadamente 10 minutos. Após o ato, ele seguiu para o Palácio da Abolição, onde deu posse aos secretários e novamente discursará.
Após o ato, Santana seguiu para o Palácio da Abolição, onde deu posse aos secretários. Santana destacou temas como saúde, educação, recursos hídricos e segurança. Neste último tema, destacou a importância de que o governo federal assuma a coordenação de ações nacional e proteção das fronteiras.
“Da nossa parte, continuarei empenhado nessa luta diária para garantir mais segurança para povo cearense, quer seja com investimento nas ações que dependem do nosso governo e também na luta por pacto nacional para combater criminalidade como um todo”, propôs. Santana destacou ações desenvolvidas pelo seu governo no âmbito da segurança pública, como contratação de profissionais e compra de equipamentos, mas reconheceu que “estamos muito distantes de onde queremos chegar”. Ele falou ainda sobre a necessidade de investimentos em áreas sociais. “Nenhum país, nenhum estado consegue combater violência sem diminuir desigualdade”.
Perfil
Camilo Santana (PT) foi reeleito com 79,96% dos votos válidos. Natural da cidade do Crato, na região do Cariri, o governador do Ceará é servidor de carreira do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
Em 2010 foi eleito deputado estadual pelo PT, com a maior votação do estado. Ele é casado e tem dois filhos. No comando de programas de desenvolvimento urbano e habitação do governo de Cid Gomes, Santana começou a construir o caminho para conquistar o Palácio da Abolição.
Camila Maciel, Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.