Brasil

Filho de Chorão surpreende e anuncia volta da banda Charlie Brown Jr

Uma das bandas de rock nacional mais aclamada pelo público anunciou o seu retorno aos palcos. Alexandre Abrão, o filho de Chorão, que veio a óbito em 2013, informou que o grupo Charlie Brown Jr voltará a fazer shows neste mês de janeiro, no próximo dia 25.
“O Charlie Brown Jr. vai voltar aos palcos do Brasil para uma tour fora desse mundo! Não é uma homenagem, não é um tributo, é o Charlie Brown Jr. de volta pro futuro!”, escreveu o filho de Chorão. O projeto não terá um vocalista fixo, mas diversos intérpretes como porta-vozes dos maiores sucessos da banda.
A apresentação acontecerá no Vale do Anhangabaú e trará ao palco os músicos Marcão Britto na guitarra, Heitor Gomes no baixo e Pinguim Ruas na bateria, e artistas convidados como Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Di Ferreiro, Digão (Raimundos), Supla e Panda (La Raza).
SONIA ABRÃO FALA SOBRE CHORÃO
Um dos maiores nomes da televisão brasileira, Sonia Abrão, além de apresentadora, costuma se aventurar também como escritora de livros. Entre as obras escritas pela famosa, destacam-se Homens que Somem e o bestseller As Pedras do meu Caminho, biografia de Rafael Ilha, atualmente em A Fazenda. Para à revista Quem, ela falou sobre a biografia do ex-cantor do grupo Polegar.
“Foi a única e a última. Eu sofro de transtorno de ansiedade generalizada, sou muito ansiosa. Você me pede um livro de 200 páginas, eu escrevo contando, vai me dando uma angústia tão grande que eu não quero mais escrever livro nenhum”, disse ela. Questionada se leria o livro que Leo Dias está escrevendo sobre Anitta, Sonia Abrão foi bem direta: “Eu não pretendo ler, não. Não gosto da maneira como ela se porta e não estou interessada na vida dela, mas é um trabalho válido”.
A apresentadora falou ainda que não está preparada emocionalmente para revisitar a vida do cantor Chorão, seu primo, morto em 2013. “É algo muito sério uma biografia. Do Chorão estou pensando porque, por exemplo, a minha mãe fez aniversário, e eu queria dar de presente um livro sobre a vida dela. Eu escrevi dez páginas e tive que parar. Mexeu demais comigo e meu terapeuta mandou parar”, começou ela.
E prosseguiu falando da próxima relação que tinha com o cantor famoso: “É mexer em muitas emoções guardadas e você abre a caixa de Pandora e não sabe o que sai de lá. Do Chorão é complicado. Do jeito que tudo aconteceu, eu não me sinto preparada emocionalmente. Ele era meu primo-irmão, fomos criados juntos, o pai dele é irmão caçula do meu pai.”
Kelly Araújo, TV Foco

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.