Brasil

Yasmin Brunet revela que não se sente preparada para estrear no Carnaval

'Só desfilaria se me sentisse segura de sambar sem nada estar mexendo', diz a atriz e modelo
Yasmin Brunet é uma sereia em terra firme. A modelo tem um corpo escultural, cabelos longos, leva uma vida saudável e está sempre se preocupando com a natureza e o futuro do planeta.
Mas, mesmo com o corpão em cima, a loira não se sente totalmente segura para estrear no Carnaval e admite o peso e a responsabilidade de estar na Sapucaí. Não por pouco! Sua mãe, Luiza Brunetreinou por 30 vezes na passarela do samba, arrasando na Beija-Flor, sendo rainha de bateria da Portela por 11 anos e reinando na Imperatriz por mais 17.
A loira fala, para o Gshow, sobre a preparação para o Carnaval, deixando em aberto se em 2019 irá desfilar, pela primeira vez, sua beleza na Sapucaí.
Vaidade
"Cuido bastante dos cabelos e da alimentação, pois os nutrientes que a gente ingere fazem diferença no funcionamento do organismo. Não lavo os fios todo os dias, porque danifica muito. Uso xampu só na raiz para não ressecar as pontas. Só passo o condicionador do meio para baixo, senão o cabelo fica oleoso. Tento usar o mínimo possível de ferramentas como escova e chapinha. Para quem colore os fios é importante deixar um espaço maior entre uma coloração e outra. Comecei a a usar filtro solar para o rosto quando fiz 30 anos (em junho do ano passado). Tento fazer exercícios todos os dias, me sinto muito melhor. Malho com pesos e faço 30 minutos de aeróbico diariamente. Estou focando mais hoje em ganhar massa magra."
Folia
"Amo Carnaval e sempre tive o sonho de desfilar, mas fico receosa porque, com o histórico que minha mãe tem com o Carnaval, vão esperar muito de mim, criticar. Brinco que estou fazendo uma dieta para ganhar massa magra e me preparar para o Carnaval de 2020. Quem me ajuda diz que posso desfilar neste, mas não estou me sentindo segura suficiente. Em 2019, só desfilaria se me sentisse segura de sambar sem nada estar mexendo. Carnaval de 2020, talvez. Não tenho uma escola, cada uma tem sua identidade, traz algo especial, sem comparação. Talvez eu tenha um histórico maior com a Portela, por minha mãe ter desfilado por muitos anos nela. Mas amo a Vila Isabel, a Mangueira e por aí vai."
Glitter
"A gente não percebe que são microplásticos que a gente lava, entram pelo cano do banheiro e são devastadores para a vida marinha. Amo usar glitter, brilhar, me fantasiar, assim como todas as mulheres, mas temos alternativas biodegradáveis e comestíveis. Podemos investir em algo para se divertir, estar brilhosa e não causar danos para o futuro."
Rainha de bateria
"Para ser rainha de bateria tem que ter muita autoconfiança. Em primeiro momento, não aceitaria. Acho que tem muitas mulheres interessantes para colocar como madrinha que representam muito o Carnaval. Tem mulheres que nunca deveriam sair da Sapucaí, como Vivi Araújo e Sabrina Sato."
Inspiração
"Tenho muitas, mulheres normais do dia a dia me inspiram muito. A gente fica tão fixada na nossa história, sofrimento, nossas próprias coisas, que a gente esquece que a pessoa que está do nosso lado pode estar passando por coisas muito mais pesadas. Acho que todo mundo pode ser uma inspiração".
Ana Paula Bazolli, Gshow

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.