Ceará

Alojamentos de clubes cearenses passam por fiscalização

Atendendo ao pedido do Ministério Público do Ceará, os Centros de Treinamentos de clubes cearenses passaram por fiscalização nesta segunda-feira (11). A fiscalização acontece após a morte de dez jovens atletas no CT do Flamengo, no Rio de Janeiro. Além dos mortos, a tragédia deixou feridos. Entre eles, dois cearenses.
O órgão estabeleceu um prazo de 15 dias para que as inspeções fossem feitas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trabalho foi feito concluído e nenhuma irregularidade foi encontrada nos alojamentos dos clubes. O Ministério Público garantiu que vai aguardar o resultado dos laudos.
A fiscalização consistia em analisar o atendimento das normas técnicas sob a responsabilidade do CBMCE, tendo como foco principal as medidas de segurança contra incêndio nas edificações onde funcionam os centros de treinamento e alojamentos.
A solicitação, emitida pelo promotor de Justiça Ythalo Frota Loureiro, coordenador em exercício do NUDTOR, foi enviada ao Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), cel. Luís Eduardo Soares de Holanda; ao Presidente da Federação Cearense de Futebol, Mauro Carmélio; ao presidente do Ceará Sporting Club, Robson de Castro; e ao presidente do Fortaleza Esporte Clube, Marcelo Cunha da Paz.
Aos presidentes dos clubes também foi solicitado o envio de fotografias das instalações dos centros de treinamento, em especial dos alojamentos dos atletas, comissão técnica e funcionários.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.